quarta-feira , 18 outubro 2017

Dá para economizar energia durante o horário de verão? Especialista dá dicas

lampada1jpg

Foto: Reprodução/Internet

Odiado por uns e amado por outros, o horário de verão inicia no próximo domingo (15) e segue até o dia 17 de fevereiro. Instituído no verão de 1985 com o objetivo de economizar energia elétrica, o horário está diretamente relacionado ao comportamento da sociedade, que em geral começa a chegar em casa a partir das 18 horas.

“Sem o horário de verão, as pessoas costumam chegar em casa e tomar banho com o  chuveiro elétrico ligado. Paralelo a isso, a iluminação pública também é acionada, que somado ao consumo industrial e comercial, provoca um pico na demanda do sistema elétrico”, explica o coordenador da Câmara de Engenharia Elétrica, Eng. Eletricista, João Bosco Anicio.

O horário de maior consumo de energia acontecia entre 17 e 20 horas, mas com a mudança no comportamento do consumidor, o pico tem ocorrido entre as 14 e 15 horas.  “Durante as tardes de verão, o uso de equipamentos como o ar-condicionado foi intensificado, deslocando a ponta para esse período em algumas regiões”, esclarece João Bosco.

Levando em consideração essa mudança, o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e do Ministério de Minas e Energia realizou um estudo e concluiu que o consumo de energia nesse período não gera mais tanta economia.

A proposta de acabar com o horário de verão foi cogitada pelo Governo Federal, mas acabou decidindo por  manter a tradição. Já para o próximo ano, o assunto promete ser colocado em pauta, e assim, decidir se o horário de verão será mantido.

Mesmo com tanto calor, é possível sim, contribuir para a redução do uso de energia elétrica. Uma das dicas é aproveitar os dias mais longos para praticar alguma atividade ao ar livre. Depois, é só colocar em prática as dicas do consultor em Engenharia Elétrica do Crea-ES, Eng. Eletricista Eduardo Altoé.

Aproveite as dicas para aplicar no seu dia a dia e gerar economia para a sua conta de energia elétrica:

– Aproveite ao máximo a luz do dia, deixando cortinas e portas abertas. Coloque a mesa de trabalho e leitura próxima à janela para aproveitar ao máximo a luz do dia.
– Deixe globos e lustres transparentes para aproveitar a potência da lâmpada.
– Utilize sensores de presença em locais com pouca circulação.
– Evite banhos demorados. Assim você economiza água e energia.
– Coloque seu chuveiro no modo verão. É possível gerar economia de até 30%.
– Evite gambiarras na fiação. Isso pode contribuir para o aumento da sua conta de energia.
– Faça o degelo da geladeira regularmente.O gelo acumulado faz o motor trabalhar mais.
– Não seque roupas na grade traseira da geladeira, isso faz o motor trabalhar mais.
– Evite guardar alimentos quentes ou sem tampa na geladeira.
– Regule a temperatura da geladeira no inverno e ajuste o termostato para evitar desperdício.
– Junte a maior quantidade de roupas para passá-las de uma única vez e reduza o número de roupas a serem passadas.
– Desligue o ferro de passar quando não estiver utilizando.
– Deixe os tecidos mais leves para passar após o ferro ser desligado, aproveitando o aparelho ainda quente.
– No caso de aparelho de ar-condicionado, mantenha os filtros sempre limpos e bem higienizados.
– Desligue o ar-condicionado uma hora antes de sair do ambiente.
– Mantenha portas e janelas bem fechadas ao usar o ar-condicionado.
– Proteja a parte externa do ar-condicionado da exposição do sol.
– Não bloqueie as grades de ventilação do ar-condicionado.
– Na hora de lavar as roupas controle a quantidade de sabão para evitar o desperdício de água e energia.
– Mantenha o filtro da máquina de lavar roupas sempre limpo.
– Quando for viajar, se possível, desligue a chave geral da casa para não gastar energia e evitar acidentes.
– Não durma com a TV ligada. Programe-a para desligar sozinha.

ESHOJE.