sábado , 20 janeiro 2018

Aracruz se torna referência na prática pedagógica do Xadrez

O xadrez é um jogo milenar que amplia o desenvolvimento e aprendizado, além de ser considerado fundamental para o aprimoramento do raciocínio lógico. Dentro dessa vertente, a Secretaria de Educação da prefeitura de Aracruz tem investido cada vez mais na prática pedagógica desse jogo com alunos e professores da rede municipal.

Nos dois últimos meses foi realizado uma formação de xadrez com cerca de 50 professores das escolas municipais de Aracruz que utilizam os conhecimentos adquiridos para aprimorar a prática do ensino de suas disciplinas. As aulas foram ministradas pelo professor de educação física, Alessandro Camporez, que há quase vinte anos também vem desenvolvendo esse trabalho com estudantes do ensino fundamental.

Essa recente formação teve uma carga horária de 20 horas e contou com uma didática voltada para principiantes, apresentando-os os componentes do jogo como as peças, suas distribuições e o tabuleiro. Essa formação é somente uma parte do envolvimento de Alessandro com o xadrez, sendo que é na escola que suas ações se completam, pois lá essa prática é responsável por exercitar várias características como a atenção, a autoconfiança, o raciocínio, a criatividade, o controle e a capacidade de observação.

A retomada das atividades do Jogo de Xadrez nas escolas
No início do mês de março desse ano, a Secretaria de Educação da Prefeitura de Aracruz retomou as atividades do Jogo de Xadrez nas Escolas, e a primeira instituição de ensinoque foi contemplada foi a EMEF Ezequiel Fraga Rocha. Para isso, Alessandro Camporezconta com uma extensão de carga horária de dez horas para poder ensinar os alunos.

Esse trabalho teve uma iniciação em sala de aula tendo como público-alvo alunos do 6º ano, com uma carga horária de seis aulas, atingindo aproximadamente 60 alunos. Um outro treinamento, nível dois, acontece no contra turno, com alunos do 6º e 9º ano, e carga horária de três aulas.

Todo esse trabalho visou a preparação dos alunos para a participação do Circuito Estadual de Xadrez Rápido (CERAP) e também para a participação no Circuito Municipal de Xadrex (CIMEX) que aconteceu a cada 30 dias a partir do mês de março.

Mestre do ensino
De acordo com o professor de língua portuguesa que atua na rede municipal de Aracruz, Cidinei De Carli Favalessa, um dos 50 professores contemplados na formação de xadrez,também por iniciativa de Alessandro Camporez, um outro aspecto ilustrativo do crescimento desse jogo em Aracruz, que tem uma natureza recreativa e competitiva, aconteceu em 2016.

Na ocasião um renomado mestre do ensino, o cubano Geraldo Lebredo, fez questão de reforçar a importância desse jogo, conhecido como jogo de inteligência, para a Educação dos alunos.

Exemplo para outras redes de ensino
Cidinei De Carli Favalessa também afirmou que outras redes de ensino deveriam aproveitar esse exemplo e aplicar esse conceito de ensino. “Que outras escolas insiram em sua grade pedagógica o ensino do xadrez, que é um investimento simples, barato e de muita relevância para a educação como um todo”, ressalta.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*