sábado , 20 janeiro 2018

ES vai receber R$ 100 milhões em repasses do Governo Federal

O Governo Federal vai repassar cerca de R$ 100 milhões em recursos ao Espírito Santo. Desse total, R$ 65 milhões são para investimento nos municípios de Guarapari, Serra e Nova Venécia. Outros R$ 36 milhões será destinados à área da Educação.  O anúncio foi feito pelo Governador, Paulo Hartung, nesta quarta-feira (10).

O governador recebeu os ministros da educação, Mendonça Filho, das Cidades, Alexandre Baldy, além do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e o Prefeito de Salvador, ACM Neto, para uma solenidade no Palácio Anchieta, sede do Governo, que formalizou a liberação dos recursos.

“É uma agenda de valorização do trabalho que estamos fazendo aqui no Estado. E ela contempla setores estratégicos. Quando olhamos o futuro do Brasil e os milhares de desafios, um deles é melhorar a educação dos nossos jovens. O mundo está integrado e competitivo. Precisamos ter uma juventude com bom nível de educação. Um déficit que esse pais tem é saneamento, que é vergonhoso. Todo passo que podemos dar para universalizar a área de saneamento é uma ação de respeito ao meio ambiente e de saúde pública”.

Educação

Dos R$ 36 milhões repassados à Educação, R$ 24 milhões são para investimento no Programa Escola Viva. Esse valor é quase o dobro do repassado em 2017, que foi na ordem de R$ 12,5 milhões. O ministro da Educação, Mendonça Filho, disse que não há previsão de repasses para a Ufes porque a universidade recebeu nos últimos dois anos 100% da verba de custeio.

A Ufes tem passado por dificuldades após ter os repasses reduzidos em cerca de 23% desde 2015. Em número, são menos R$ 15 milhões para custear, com recursos próprios, serviços, alimentação e bolsas estudantis. “Ao mesmo tempo garantimos recursos relevantes em termos de expansão na sua infraestrutura educacional. Há realmente uma garantia de preservação e manutenção de todo o Ensino Superior no Espírito Santo e Brasil. E também da educação técnica e tecnológica, como o IFES, que contou com apoio do Ministério da Educação”.

O ministro disse ainda que o Hospital Universitário Cassiano Antonio Moraes (Hucam) recebe regularmente apoio e recursos do programa que apoia a manutenção dos hospitais universitários e aqueles que fazem parte da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), rede que cuida da gestão hospitalar de 40 hospitais do Brasil. “Destacaria que do ponto de vista da execução orçamentaria nos conseguimos bater recorde de execução. Praticamente 100% do que foi orçado, foi executado”.

O Secretario Estadual de Educação, Haroldo Rocha, disse que o restante do recurso será dividido da seguinte forma: R$ 8 milhões para que os municípios invistam na formação de professores; R$ 2 milhões e meio para o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Pnaic); e outros R$ 2 milhões para implementação de currículos (reuniões, fóruns e consultorias).

ESHOJE